Total de visualizações de página

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Vender Pipoca dá Dinheiro? Como se Tornar Pipoqueiro? Nova Série: Negócios de Rua Altamente Rentáveis ...

Boa noite Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Este post será um pouco diferente do usual, devido a um comentário de um anônimo, que foi carinhosamente apelidado de “Anon da Pipoca”.


O comentário dele me fez brilhar os olhos ... Como é que um cara novo (22 anos), nos dias atuais, quer abrir um negócio, vendendo pipoca na rua? GENIAL!

Pense em um produto que você compra por PESO e vende por VOLUME. Já pensou na teórica margem (%) de lucro?

Eu sou uma pessoa que pensa e tenta fazer tudo na base da simplicidade. Eu não tento inventar nada. Eu sigo o que já existe mesmo, reutilizo tudo, até posso parafrasear a máxima “na vida nada se cria, tudo se copia”, e convenhamos, quer negócio mais simples de gerir do que Vender Pipoca na Rua?

Sabe aquele tipo de negócio, que você vê, mas nem pensa se dá dinheiro? Este é um deles.

Vamos ao comentário do amigo “Anon da Pipoca”:

VDC, o que vc acha desses carrinhos de pipoca, açaí e outros? É o seguinte: Está para entrar uma grana para mim. No inicio seria para começo dos aportes (tenho 22 anos). Eu estou desempregado. Só que eu venho observando já faz um tempinho algo que quase ninguém liga. O carrinho de pipoca do velho na praça rsrs...forma fila. O lucro é muito grande, tem até ajudante. 4 reais o saquinho. Nem sei se 500g de milho custa isso. O carrinho dele é bem simples. Eu pensei em comprar um carrinho top, contratar uma pessoa e pagar um curso que ensine a fazer vários tipos de pipoca. Eu sei que para inicio não seria bom contratar alguém, mas eu tenho capital até ser rentável. O diferencial seria os vários sabores. Eu fui para SP esses dias e tinha fila para comprar pipoca gourmet no terminal tietê. Era um potinho que o mais barato era 15 reais. Mas o cheiro era muito bom...se passar uma criança, já era. O pai vai ter que comprar. Obvio que eu irei fazer bem mais simples...pipocas quase normais, mas de vários sabores num carrinho top. O carrinho do velho aqui só vende essa pipoca normal. Tem outros 2 carrinhos, mas a pipoca é ruim demais. Concorrente mesmo é só um. Imagina um carrinho com vários tipos de pipoca, limpinho, bom atendimento, barato. Aqui o saquinho é 4 reais como falei antes. 500g nem custa isso eu acho. Obvio que irei fazer certo...irei na prefeitura fazer tudo certinho. E ai VDC?

Bom, mas, será que é rentável mesmo? Sem avaliar nada, eu acho que sim, pois, pensando bem, aquele “tio da pipoca” que eu me lembro, permanece no mesmo ponto por vários anos ... Como alguém que não ganha muita coisa permaneceria tanto tempo na mesma atividade? Chegamos a uma pré-conclusão: Gera lucro.

INVESTIMENTO INICIAL:

Necessário comprar o famoso Carrinho de Pipoca (aconselhável) ou uma barraca. Logicamente, com um slogan, uma boa pintura, chamará a atenção dos clientes.

Além disto, haverão alguns utensílios e equipamentos, além do milho, a matéria prima do negócio.

Realmente, em termos de investimento, não é nada assustador.

Este valor copiei de um site que li sobre: “Um carrinho pequeno para pipoca já com a panela inclusa está custando aproximadamente R$ 1.500,00 Reais, já uma barraquinha para ser montada em um ponto fixo está custando algo em torno de R$ 950,00 Reais. Então vale a pena fazer uma pesquisa nos principais vendedores desses equipamentos na sua região para tentar negociar um preço melhor e favorecer o seu trabalho”.

Interessante mencionar que, além da pipoca, podem ser agregados outros itens de consumo, tal como refrigerantes (para acompanhar as pipocas), balas, chocolate, sucos, e outras coisas.

A parte principal, citada na maioria dos sites dedicados a analisar este negócio é:

1.       Conseguir um bom Ponto: Movimentação de pessoas (principalmente público jovem). Este é um dos itens mais críticos, na minha opinião.
2.       Higiene: Nem precisa comentar este né? Um uniforme branquinho, um aspecto de limpeza, fará toda a diferença.
3.       Ofertar mais Produtos: Além da pipoca, que será o carro chefe, outros produtos podem e devem ser agregados, como explicado acima.
4.       Qualidade da Matéria Prima: Prezar por um bom milho e demais produtos, fidelizando o cliente.
5.       Ofertar Pagamento no Cartão de Crédito: Eu sugiro aqui um diferencial. Você esta sem dinheiro, saindo com a namorada ou outra situação e vê que ali tem uma maquininha do Pag Seguro: Excelente! Muitas pessoas hoje em dia compram mais no cartão de crédito.

ASPECTOS LEGAIS:

Necessário contatar a Prefeitura da Cidade, para entender como estar regularizado. Não sei se é algo similar em todas as cidades, mas, é sabido que haverá alguma taxa a ser paga para a liberação de um alvará de funcionamento.

Para mais informações pessoal, dá um ‘Google’ aí, li e vi muita coisa legal, fora os vídeos do Youtube sobre.

No resumo da ópera, vejo que, quem quer buscar algo na vida, pode tentar, como esta fazendo o “Anon da Pipoca” e para ele eu tiro o chapéu.

Há outras atividades que ninguém dá a mínima, e uma delas eu até vi uma pessoa, sem estudos, e que estava ganhando um dinheiro considerável mensalmente. Sabe o que fazia? Vendia churrasquinhos e cerveja na rua, de um bairro movimentado ...

VDC, mas não vai dar certo, vou ficar com vergonha, não dá dinheiro, vou ficar esperando arrumar um emprego melhor ...

Aí não né? Use o método TBD (Tire a Bunda da Cadeira) e vá à luta!

E aí? O que acharam da ideia do “Anon da Pipoca”? Acha que dará certo? Acha que não? COMENTEM E AJUDEM NOSSO AMIGOANON DA PIPOCA”!

Ps.: Links que gostei lendo pelo Google sobre o tema:

1. http://www.novonegocio.com.br/carrinhos/carrinho-de-pipoca/
2. http://www.hostpobre.com/ganhar-dinheiro-com-carrinho-de-pipoca.html

Um grande abraço e excelente semana.


VDP – VIVER DE PIPOCA!

39 comentários:

  1. Grande VDC!

    Rapaz, você me lembrou um caso que um amigo me contou e eu pude assistir à apresentação do cara pessoalmente.

    Esse rapaz trabalhava na mesma empresa que o meu amigo, mas um belo dia resolveu ser mágico, desses de festa de criança.

    Deu tão certo que hoje está cobrando, em média, R$500,00 por apresentação (duração de uns 40-50min).

    Sabes quantas ele já fez só esse mês? 46.

    Quando escutei fiquei de boca aberta...

    Abrs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Anon (oficial o apelido hein, gostei)

      Olha o seu exemplo ... Mágico de festa de criança .. Você ouve isto e dá aquela risadinha e pensa “Ai que cara coitado”.

      E na verdade, ganha MUITO mais que a gente, e ninguém fica sabendo (se ele for esperto não conta).

      Fiquei de boca aberta lendo seu comentário, e acredito sim que é verdade, pois são estes negócios “ocultos” e desconsiderados pela sociedade que geram muita grana mesmo.

      Abraço

      Excluir
  2. Só de fugir da mesmice de franquia, startup de internet (vou ficar rico com um app!) ou loja de paleta já tem uma boa chance de dar certo. :)

    Abraços,

    IOTR

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Surgiu uma loja de Paleta em cada esquina, está pior do que praga.

      Excluir
    2. Concordo! Como sempre digo: o que dá dinheiro é aquilo que sempre deu. Alguém já viu manchetes sobre quebradeira de pipoqueiros? Pipoca é sazonal? Depende da situação econômica do país? Claro que não! Portanto é sim um puta negócio.

      Veja que tirando a burocracia de legalização junto a prefeitura o custo é praticamente zero, investimento ridículo (valor total investido é menos da metade que 1 (UMA) licença que devo ter pra minha empresa), não paga imposto, lida somente com dinheiro (o que não impede de aceitar cartões), não tem que lidar com fornecedor/prazo de entrega/ funcionário, alta rentabilidade... Não acredito muito em ter carrinhos de pipoca com funcionários mas acho sim que pode ser uma maita maneira de ganhar dinheiro, ter um rendimento maior que muito engravatado por aí...

      Micro-franquia, startups e afins são furada...

      Excluir
    3. É isto ai galera, concordo com todos.

      Quantos sonhadores não vemos por aí, pensando que vai desenvolver algo revolucionário e ficará rico.

      O que dá dinheiro é o que sempre deu! Não tentem inventar!

      Pra inventar algo e ficar rico só sendo um gênio ou tendo MUITA sorte, como eu não tenho nenhum dos dois itens eu prefiro seguir o que sei que dá dinheiro mesmo (imóvel, construção, trabalhar, etc.).

      Até eu começo a pensar que franquia = dinheiro para o criador. Nada mais.

      O Corey disse algo interessante: Este tipo de pessoa que empreende nestes negócios (e incluo venda de churrasquinhos, lavador de carro, tomador de conta de carro na rua, às vezes ganham mais que o cara engravatado mesmo ...

      Abraço


      Excluir
  3. Pode internar quem paga 15 pilas num potinho com pipoca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. IJR,

      Eu também não pagaria ...

      Mas, bota uma maquininha da Pag Seguro ou Cielo, um slogan de “Gourmetização”, e você verá que terá gente que vai pagar...

      É o preço da sofisticação, e muitos pagam viu.

      Abraço

      Excluir
  4. Interessante!!! Um negócio que tem tudo para dar certo,e deve ser regularizado na Prefeitura. Meu pai é aposentado,e tem uma chácara,e já plantou muita coisa e vendeu,hoje reformou a chácara,e pretende alugar para festas,e há uns 20 anos vende laranja em uma saveiro,e tem clientes fixos de todas as classes sociais.Eu e meus irmãos não pedimos dinheiro para o meu pai,pois aprendemos com ele a trabalhar,então o que ele ganha investe em seus bens,e a venda das laranjas tem um bom lucro,e o investimento dele sempre foi mínimo.Para os jovens é importante essa iniciativa de procurar cursos para atuarem como empreendedores,e aqueles que não gostam muito do estudo irem para as ETECS e fazer um técnico em administração ou mesmo na área da saúde,e se houver identificação com o curso seguir para uma Faculdade.Infelizmente no nosso pais não há incentivo para a educação,e esse tipo de investimento está relacionado com a educação.Na educação básica seria fundamental disciplinas relacionadas com educação financeira,mas o nosso currículo está em fase de mudanças,e infelizmente não adequadas para a nossa realidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Amanda,

      Pois é, uma ideia simples e que, analisando rapidamente, realmente gera lucro, afinal, quantos carrinhos de pipoca não vemos por aí, de pessoas que permanecem ali por anos e anos.

      Aluguel de chácara para festas é uma boa, ele pode usar o site AIRBNB e outros para deixar disponível também. Só tem que ter um bom contrato, e evitar baderneiros, pois tem gente que aluga e destrói o espaço, não tem cuidado.

      O comentário deste anônimo me chamou a atenção, pois quantos jovens estão aí reclamando de tudo, e o nosso Anon da Pipoca buscando empreender em algo que ninguém jovem pensa. Achei louvável a ideia.

      Seu pai parece com o meu, ele não era de dar “mesada”, e sempre disse que eu se eu quisesse as coisas teria que trabalhar.

      Foi a melhor coisa que ele me ensinou ... Demorei anos a enxergar isto, pois sendo jovem, você não entende por que seu pai não pode emprestar um carro, se ele tem dois, por que não pode te dar dinheiro, se ganha bem ...

      Um abraço

      Excluir
  5. VDC,

    Pipoca dá dinheiro pra caramba .... na rua já vendem a 4..5 reais um saco de pipoca ... no cinema do shopping entao .. a pipoca com uma coca .. sai o preço de um lanche na praça de alimentação .. rs ..

    Vai deixar a construção pra vender pipoca? Vai ter q mudar o blog pra Viver de Pipoca.. hahah

    Abs,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Rodolfo,

      Cinema de shopping ganha muito com pipoca viu. Eu às vezes compro, e é bem caro mesmo. Melhor usar a tática de passar nas lojas americanas antes rsrs.

      Kkk gostei do nick Viver de Pipoca, talvez nosso amigo Anon da Pipoca se aventure mesmo e crie um blog pra narrar as histórias. Seria excelente.

      Ele só não pode “pipocar” e deixar de montar o negócio rs.

      Abraço

      Excluir
  6. Vc disse que dá dinheiro blog de fofoca, novela e afins, vc acha mesmo? Blog sobre funk duvido que dá certo. Como é que se vai manter um grande público falando de novela/funk/fofoca...

    Olha sinceramente em pleno 2016 acho que não tem público pra isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Anônimo,

      Faça uma pesquisa, e veja um blog chamado Fabíola Reipert.

      Cresceu tanto, que fechou contrato com a R7.com, e em todos os Balanços Geral do Brasil tem um quadrado com notícias dados por ela.

      Até eu que não gosto de celebridades e fofocas estava lendo diariamente o blog dela kkkk, tive que tirar dos favoritos para não perder tempo nisto.

      Ela vive só das fofocas rs.

      Blog de funk: Lança um blog de sucesso e você verá cantores de funk pagando pra você divulgar, marcas de boné, bermuda, correntes, etc.

      Abraço

      Excluir
    2. Um blog sobre fofocas seria bom divulgar em grupos do facebook? Fofocas no caso seriam noticias de pessoas famosas.

      Deixar opções pra seguirem o blog e assinarem com email. O público precisa voltar sempre.

      Um blog assim pode fazer muito post, porque tem o que falar mesmo. Geralmente posts bem curtos, dando a noticia mesmo.

      Excluir
    3. Criar uma fã page também.

      Excluir
    4. Facebook,.twitter e instagram hoje sao otimas ferramentas de.divulgacao, principalmente o facebook.mesmo.

      O anon acima descreveu boas regras e dicas.

      Abs

      Excluir
  7. Nessa nova série, pode dar dicas sobre projetos digitais tb ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo,

      Por enquanto não, talvez mais a frente.

      Abraço

      Excluir
  8. O que ser projeto digitau?

    homi das caverna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá HC,

      Renda que obtenho através da internet.

      Abraço

      Excluir
  9. Olá VDC!

    Legal seu post! E concordo, meu pai quando faliu (montou uma empresa de transporte mas o governo não quis competição e ai, já era) começou a vender lanche na porta de uma empresa. Depois pegou um ponto mais lucrativo (o carrinho ficava na frente de uma balada) Ficou assim por um bom tempo. Só saiu de lá pq o clube fechou.

    Eu to vendo um empreendimento para abrir...contei um pouco no post que publiquei a pouco...vamos ver

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala II, tudo bom?

      Bacana! Tem muita história de gente que ganha super bem nestas atividades que a sociedade finge não enxergar.

      Não lembro, vou dar um galope no seu blog pra ler e comentar, estou lendo sempre, mas tenho postado menos no blog dos amigos adicionados, mas sou sim leitor assíduo.

      Escrever pelo celular toma muito tempo, ai tenho só lido mesmo.

      Abraço

      Excluir
  10. O principal nesse negócio do carrinho é fazer o ponto. perto de igreja, faculdade, escola e claro ter um produto de qualidade. Certa vez trabalhava em um posto fiscal. próximo a ele, um cidadão montou um ponto de churrasquinho de carne. No começo bombou, depois foi diminuindo o público, más o cara tinha carne ruim e era bem pouco higiênico. a caixa onde acondicionava as carnes eram sujas. más tem muito negócio pequeno que dá para viver bem tranquilo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Beto,

      O ponto é de suma importância para qualquer comércio.

      Churrasquinho é algo que dá uma boa grana também, se o cara souber gerir.

      A higiene é premissa básica e o produto tem que ser bom, carne ruim não dá né rs.

      Abraço

      Excluir
  11. Olá confrade Viver de pipoca ops, digo construção rs

    Eu estava escrevendo um puta comentário sobre o assunto e estava falando sobre um tipo de negocio similar que um parente meu faz.

    No entanto vi que o assunto ficou por demais interessante e vou fazer um texto no meu blog sobre este tema. rs

    Mas posso adiantar que ele fatura em media 8k mês de uma forma bem simples e livre de impostos.

    Fica como promessa para janeiro de 2017.

    Grande Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande amigo Mestre dos Centavos,

      Brinde-nos com esta bela história.

      A ideia de postar diariamente também é tentar motivar a galera a ter este pique, eu sou leitor assíduo da blogosfera, apesar de estar comentando menos devido ao curto tempo.

      Grande abraço MC

      Excluir
  12. A margem de lucro em cima do saquinho de pipoca é realmente absurda. O que mais tem no meu bairro, é velhinho precisando de dinheiro pra complementar renda de aposentadoria. Já pensei em comprar uns 2 carrinhos e botar os velhinhos pra tomar conta.(Eu bancaria o gás, milho, saquinhos, etc). Mas ai eu lembro que estou no Brasil, e sei que iria aparecer algum advogado querendo me processar "por explorar os velhos" e vai querer comprovar algum vinculo empregatício. Melhor deixar quieto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,

      Infelizmente é verdade.

      As leis trabalhistas são o que desanimam empreendedores mesmo.

      Dá certo só se for você mesmo no carrinho ou alguém de confiança.

      Abraço

      Excluir
  13. Já tinha ouvido essa questão de peso x volume antes, realmente é um negócio bastante simples de se gerir, mas que sofre com a adversidade de clima principalmente e exige do vendedor trabalhar nos horários de "descanso", ótima opção para uma renda extra. Tenho visto nos mercados e também nos aeroportos máquinas de pipoca automática, sem vendedor, agora não vou lembrar o nome do distribuidor. Um bom conselho ao aportador: imagine tudo o que é seu inimigo no processo de aportar, pois essas são as oportunidades para se ganhar mais dinheiro. Não recebi aquele e-mail que você ficou de encaminhar, se precisar eu posto novamente o endereço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Guilherme,

      Te respondi sim, deve ter ido para a caixa de SPAM. Confira lá, se não recebeu, te envio novamente, me avise aqui por favor.

      Concordo, é uma boa opção de renda extra, ou até mesmo ser a única função, tendo uma banca num local que tenha grande fluxo de pessoas.

      Abraço

      Excluir
  14. Olá VDC...aqui é o ANON DA PIPOCA rsrs...Valeu mesmo VDC. Eu fiquei sem internet esses dias e nao deu para comentar antes. Vc deu dicas importantes e fundamentais. Amanha eu irei começar pesquisas de mercado na regiao. Vou chegar, comprar uma pipoquinha e puxar assunto com a pessoa que está vendendo. Depois eu começo a perguntar sobre o carrinho, vendas, dificuldades e etc. Tenho que saber em qual regiao vende mais, comer dá pipoca que vende mais para ter uma idéia de como a minha deve ficar, qual horario vende mais(acho que mais no final da tarde), qual é o preço médio. E isso eu irei buscar nas ruas, indo atras. Valeu VDC.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Anon da Pipoca,

      Só estava faltando você aqui! Post exclusivo seu rs.

      Estaremos na torcida amigo, e envie notícias, que publicarei aqui.

      Você se tornou um exemplo do empreendedorismo simples, e é de tirar o chapéu a sua ideia e vontade, e torceremos pra dar tudo certo.

      O caminho é este mesmo, ter a mente aberta para pensar em negócios, mesmo sendo novo, ao invés de ficar pensando em coisas que não agregam.

      Abraço e sucesso!

      Excluir
    2. Muito obrigado VDC...valeu mesmo.

      Excluir
    3. Galera, vocÊs me lembraram de um caso que li numa página de um cara que eu sigo no FB, sobre vendedor de pipoca!

      Esse cara que sigo, trabalhou no mercado financeiro de NY e trabalhou numa corretora parece aqui no brasil, e conhece bastante gente no ramo. Não lembro sobre o que foi o assunto que ele postou, veio um cara e comentou sobre o trabalho estressante e árduo que levava em banco, aguentando pressão de chefe e cobrança, e ele atendeu um cliente que buscava algum serviço no banco, eis que o tiozinho era VENDEDOR DE PIPOCA não lembro se era numa praça de SP, e ganhava uma BOLADA todo mês!!!!


      Esse cara que atendeu ele disse que ele parou no fim do dia e repensou sua vida inteira.... como que as pessoas vivem de status e de parecer...

      eu já pensei em pegar um carrinho, até cotei um de hot dog, quando fiquei desempregado no ano passado. Optei por abrir outro negócio, que infelizmente não deu lucro, a cidade está péssima para comércio desde a virada de ano, simplesmente caiu 90%

      Me veio na cabeça de novo de tentar um carrinho de alimento, vou ver na prefeitura qual a burocracia pra abrir um...

      abç

      Excluir
  15. Fala, VDC! Com certeza dá dinheiro, bastar ter coragem e não ter vergonha do trabalho. Vai ganhar mais q muito engravatado mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Guardiao.

      Concordo. As vezes estas profissoes geram muito mais mesmo.

      Dia destes um colega do meu, sujeito simples, falou que estava ganhando uns 7K bruto com um boteco que virou sucesso na roça ... nem estudo tinha ele, e mesmo assim, ousou empreendendo, e colhe os frutos.

      Abraço

      Excluir
  16. Já mexeu com algum simulador de ações? Aproveitando o comentário lá em cima sobre ações da Petrobras, vc acha que seria interessante compararmos nosso capital na renda fixa vs nosso capital no simulador de ações?

    O problema é que tem gente que se arrepende de não ter investido porque a ação subiu, ou se alivia porque a carteira de ações dele no simulador despencou geral, mesmo se essa carteira fosse composta por apenas uma empresa.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala LM,

      Ja usei o folha invest, mas achei super sem graça.

      Acho bobeira comparar, voce nao ganha nada comparando renda fixa e açoes, que sao investimentos distintos.

      Na duvida, pq nao investir 50% em cada?

      Abraço

      Excluir

Obrigado pela presença! Aprovarei rapidamente seu comentário e responderei brevemente! Grande abraço, VDC - Viver de Construção

Pesquisar no Blog ...

Postagens Populares