terça-feira, 30 de agosto de 2016

O Dia em que Fui Varrido da Bolsa - As Trapalhadas do VDC fazendo Trades em QGEP3 (Queiroz Galvão Petróleo)

Boa noite Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Não sei se perceberam, mas este é o terceiro post escrito em sequência, dia após dia (ou melhor noite após noite), onde estou realizando um teste, para verificar se é interessante aos leitores ter posts em abundância, ou se é melhor seguir o formato atual, onde eu escrevo ‘quando dá na telha’. O único compromisso que tenho é o Fechamento Mensal, pois é uma parte de muita alegria no mês.

Aos leitores assíduos, fiquem tranquilos: Não pararei de criar os famosos textos gigantes, da mesma forma que escrevo, com as análises Viver de Construção. Estes são posts adicionais mesmo.

Falando um pouco sobre Ações: Este é um mundo que desconheço em detalhes, pois não tive a mentalidade que tenho nos FIIs para entrar na bolsa, e fui ‘varrido’, pois meu caixa mensal de operações era sempre negativo, por mais que eu tentasse me enganar que no próximo mês seria melhor ...

Uma das empresas que investi durante algumas semanas (tentei ser ‘holder’ e um ‘swing trader’) foi a QGEP3 (Queiroz Galvão Participações), e eu achava que tinha encontrado a forma de enriquecer rápido na bolsa: Comprando e vendendo QGEP3 todos os dias.

A minha tática infalível era muito simples: Eu percebi que, devido a baixa liquidez do ativo, grandes variações ocorriam sem muita explicação, e uma sempre me chamava a atenção: Nos minutos finais do pregão, ali por volta de 16:35 até 17:00, simplesmente alguém ‘limpava o book de compras’, fazendo o preço da ação subir, mantendo-se sempre num mesmo patamar.

Um exemplo próximo ao que eu percebia: A ação abria custando R$ 12,60. Caía durante o dia, ia para R$ 12,20 por exemplo. Durante todo o dia ficava variando entre R$ 12,30 a R$ 12,40, e ao final subia forte para R$ 12,70.

Sim amigos, eu estava me achando o gênio da bolsa.

A minha estratégia era muito simples: Eu sempre fazia esta ‘jogadinha’ de ficar fazendo ‘trades’ durante todo o dia, na faixa de R$ 12,30 a R$ 12,42 por aí ... Movimentando umas 1000 ações, e eu ficava ali, comprando e vendendo o dia todo, principalmente na fase que estava ‘P’ da vida no trabalho e queria sair do setor, pois eu pedi para ser liberado para participar de vagas de outras áreas e fui ‘punido’ por isto, ficando sem muitas atividades, afinal, eu queria sair da área ... Já escrevi um post sobre, anteriormente, para quem interessar sobre esta fase da minha vida.

Pois bem, voltando ao tema do post, eu ganhei uma graninha boa durante uns dias, mas a minha teoria logo caiu por ‘terra’, pois num certo dia eu comprei meu volume padrão de 1000 ações, sei lá, R$ 12,45 e já colocava a ordem de venda lá em R$ 12,60 (R$ 150,00 de lucro em minutos).

Isto deu certo umas 2 semanas. Às vezes quando não vendia 100% da posição no fechamento, eu dormia comprado e no dia seguinte vendia.

Acontece que num belo dia, eu dormi comprado com a ação, e não lembro o que aconteceu, mas QGEP3 abriu num GAP de baixa gigantesco (preço de abertura do pregão bem abaixo do meu preço de compra), e eu fiquei desesperado, pois eu nem usava Stop Loss (nem se usasse teria funcionado). Resultado: Se eu ganhei uns R$ 2000,00 com os ‘trades espertos’, eu tive uns R$ 4.000,00 de prejuízo ... E pior mesmo foi ver a cotação voltando ao ponto que comprei 3 dias após este acontecimento.

Me lembro que esta foi uma das coisas que me deixaram alguns meses fora da bolsa ... Eu me revoltava, brigava na corretora, pedia para desfazer meu cadastro, para bloquear, etc.

O fato de demorar 3 dias desde a última operação em bolsa para que você pudesse sacar todo dinheiro para sua conta bancária era terrível, pois no dia eu passava muita raiva, mas dois dias depois eu já pensava “ah, vou fazer um trade, agora vai dar certo”. Se eu continuasse neste ritmo, teria perdido todo meu dinheiro.

Durante certa fase acho que fiquei meio viciado com a bolsa. Feriado para mim era terrível. Eu ficava horas e horas nos sites de fóruns de ações ... Eu só queria falar de Ações.

E os dias em que eu pagava R$ 300,00, R$ 400,00 de corretagem e impostos, depois de fazer tantas operações? E lucros baixíssimos ou até negativos.

Terrível ...

Felizmente o ‘prejuízo’ que tive com bolsa foi pequeno, com os ganhos e as perdas, não acredito ter tido prejuízos acima de R$ 4.000,00 ...

E eu prometi a mim mesmo que não voltaria a bolsa, e cumpri: Não comprei mais Ações. Posso voltar? Sim. Mas agora com outra mentalidade! Não como especulador!

Eu até tentei comprar durante semanas atrás algumas ações, mas no outro dia após a compra eu as vendi. Não quero ações. Simples. Escrevi isto num dos posts também.

Os Fundos Imobiliários, apesar de serem renda variável, são diferentes ... Então não comparo os dois tipos de investimento, seria até injusto com ambos, pois são finalidades distintas.

Para fechar o post, estava lendo algumas notícias, li que a Petrobrás vendeu a participação do Campo de Carcará, onde a QGEP detêm 10%.

Achei esta discussão no site do Bastter, e estou reproduzindo exatamente como esta na página dele. Foi este tipo de resposta do Bastter que me fez mudar meus conceitos, esquecer esta parte de ‘trade’ (não critico quem faz, mas pra mim não deu certo), de querer comprar algo para vender mais caro depois ...

Foi este tipo de coisa que me fez ver que o que te enriquece é o TRABALHO + TEMPO + APORTE aplicados em VALOR.

E para fechar o tópico, segue esta discussão completa do site do Bastter ... Eu era tipo o cara que leu Axiomas de Zurique e ficou maluco com trade ... E que só importava preço: Comprar na baixa, para vender na alta.

Hoje meu pensamento é totalmente distinto ... TRABALHO + TEMPO + APORTE aplicados em VALOR ... Eu repito sempre este mantra ...

Um grande abraço,


VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO


25/06/2016 às 17:14
Atualização!
Ir p/ o Fim

25/06/2016 às 17:16

25/06/2016 às 17:27

25/06/2016 às 17:31

25/06/2016 às 19:17

25/06/2016 às 20:59

26/06/2016 às 06:53

26/06/2016 às 11:18

26/06/2016 às 16:44

26/06/2016 às 18:05

27/06/2016 às 21:05

27/06/2016 às 21:46

29/06/2016 às 16:40

29/06/2016 às 17:16

29/06/2016 às 18:09

29/06/2016 às 18:25

29/06/2016 às 18:39

29/06/2016 às 18:54

29/06/2016 às 18:56

22/07/2016 às 17:06

22/07/2016 às 18:15

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Trabalho: Reuniões com Alto Escalão - A Oportunidade de Jogar o 'Jogo' Empresarial

Boa noite Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Vamos falar um pouco de Trabalho hoje?

E os grandes desafios, começam a trazer grandes oportunidades ...

Passada a semana maluca, onde meu estresse estava elevadíssimo e por duas vezes tive vontade de ‘chutar o balde’, como comentei nos posts anteriores, agora começo a ver a minha nova realidade e as oportunidades que isto trarão. E estou começando a gostar de tamanha responsabilidade ...

Reuniões com meu Diretor (gerentes tem acesso a sala dele, pessoas abaixo raramente, e eu me tornarei presença frequente), meu novo Gerente Funcional (para quem respondo diretamente neste novo projeto), e o início de conversas com ‘gente grande’ da empresa (gerentes, diretores, presidente ...). Não foi atoa que me colocaram neste projeto, e desta vez amigos, sim, desta vez eu vou jogar o jogo ...

Eu participando numa reunião dentro da sala do meu Diretor e imaginando o que poderei conseguir se fizer as coisas certas ...

Cabe aqui um comentário sobre esta excelente série: Se você não assistiu (se não reconhece a imagem acima), assine o Netflix agora e assista House of Cards. Vale muito a pena.

Não se trata apenas de ser bom neste caso, você precisa ser político, precisa saber se expressar, saber entender os movimentos nos bastidores de cada ação, principalmente em projetos globais, envolvendo culturas diferentes, e tendo contato com pessoas de diversas regiões de altos cargos.

As pessoas certas precisam saber que você quer ser promovido: Não adianta falar só com seu colega de mesa. E você precisa ser conhecido. As pessoas de outros setores, regiões, precisam falar bem de você, e quanto maior o cargo da pessoa falando bem de você, melhor. É o jogo minha gente!

Uma das coisas que me fez entrar neste patamar de estar apto a gerenciar grandes projetos globais, e ser visto como um real gerente de projetos global foi: Eu não gero conflitos. Eu sei engolir o orgulho, eu sei ser paciente, e quando alguém de cargo acima me chama a atenção ou comenta algo contrário às minhas diretrizes (mesmo sendo raras às vezes que isto ocorre), não sou eu quem vai discordar publicamente. Opinião forte não vence o ego de pessoas com altos cargos. Seja o mais político possível!

Claro, que também entregue resultados condizentes, começando com projetos menores e aumentando gradativamente o nível de complexidade.

Dificilmente alguém irá contatar meus superiores para relatar problemas de relacionamento ou atritos: Quando o 'bicho' pega mesmo, eu passo a bola para o nível de cima. Tem decisões que não podem ser tomadas por simples mortais como nós, por envolverem decisões políticas.

Uma frase interessante, do meio jurídico que li, é: “Nunca produza provas contra si mesmo”. Naquele momento de raiva, de estresse, evite enviar um e-mail. Já me arrependi de alguns casos que fiz isto. Conte até 10, saia para tomar um café, abra o blog Viver de Construção um site de humor, e quando voltar a si, aí sim você responde. E pense: Preciso mesmo responder? Se puder deixar pra lá, melhor. Se não conseguir se controlar, exclua o e-mail. Assim você não poderá responder e evita problemas.

Se quiser brigar, que não seja por e-mail, você liga para a pessoa e fala o que quiser. Não seja orgulhoso querendo ganhar ‘discussões’ por e-mail copiando várias pessoas, pois isto não te levará a nada, evite ao máximo.

Se você falar as coisas, contando que a pessoa não esteja gravando a conversa (vai que ...), ela nunca conseguirá provar que você gerou atrito, mas se provar negue até a morte.

Sim, eu quis usar novamente o taxado sobre o texto, agora acabou a minha cota de uso, desculpe leitores.

Recursos (pessoas): Como é difícil lidar com pessoas.

Eu comecei a ter os primeiros atritos com o gestor anterior do projeto, pois agora ele é parte do meu time, e ainda não entendeu que a responsabilidade é toda minha e que ele será um recurso meu. Como o projeto cresceu, eu fui escalado, e ele passa a me ajudar. Se tudo der errado, sou eu o responsável, isto ainda não esta claro para ele, mesmo eu passando mensagens sutis ...

Nesta parte acima não quero, de forma alguma, dizer que sou melhor que ninguém, pois tem muita gente incrivelmente melhor que eu, mas, em questão de esforço ninguém me supera: Eu me esforço demais para gerar resultados!

Em algumas situações, precisamos entender, por mais que seja difícil, que devemos dar um passo para trás para seguir dois adiante.

Se eu tivesse no lugar desta pessoa, o que eu faria: Ficaria muito desanimado na primeira semana, mas após eu faria meu máximo para ajudar e provar que eu poderia ter sido sim o gerente de projetos a nível global, e também ajudando o novo gerente de projetos e aprendendo com ele, pois alguma coisa de diferente ele teria em relação a mim para assumir o projeto.

Se a decisão já foi tomada, não adianta chorar o 'leite derramado'. É igual quando alguém é promovido e você discorda: Por mais que você fique puto, vá embora cedo, pense em pedir demissão, a pessoa não será despromovida e nem você será promovido por ter achado ruim. Aí vem toda a parte de bastidores que falei acima ... Muita coisa acontece por debaixo dos panos, em todas as empresas, a vida é assim.

Agora é a hora de mostrar resultados, e se eu quiser buscar algo a mais na minha carreira, a hora é agora ...


Um grande abraço, excelente terça-feira.

Nota: Estou tentando responder todos os comentários rapidamente, se não conseguir durante o dia, a noite sempre respondo.

VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

domingo, 28 de agosto de 2016

Um Teste de Monetização de Blog + Um Mês sem Aporte: Chega de Aperto Financeiro para Aportar ...

Boa tarde Senhores do Milhão. A Luta Continua!

O último post que divulguei foi um pouco controverso no que tange aos leitores que gostaram e aqueles que não gostaram, mas a motivação para aquele post foi um pouco diferente do que respondi nos comentários: Eu queria fazer um teste de mídias sociais, para ver a reação e o que isto impactaria nos bons e fiéis visitantes que recebo diariamente, além de talvez buscar comentários dos paraquedistas da internet, que são aqueles que acham meu blog através de uma pesquisa no senhor Google.

Este post esta dividido para aqueles que se interessam por Mídias Sociais e Blogs, e mais abaixo a divisão mudando para o mundo de Finanças, como de praxe.

Permitam-me comentar um pouco sobre a parte de Mídias Sociais:

Eu já relatei neste espaço que dificilmente um blog exclusivo de finanças se tornaria rentável, ao ponto de um blogueiro dizer “Sou independentemente livre do trabalho através das receitas de meu blog”.

O motivo é simples: Eu, você e todos que acompanham os blogs de finanças somos poucos! Como sempre citamos nos blogs, somos os poucos guerreiros que estão fora da caixa da Matrix, que seria em curtas palavras a vertente do consumismo extremo, misturado como o modo ‘Carpe diem’ de viver, ou seja, viva o agora e que se dane o futuro, sendo bem simplista.

O resultado me deixou surpreso: Aquilo que, em teoria, seria um post de ‘esculhambação’ total (pior post), onde usei e abusei  do artifício de taxar / riscar o texto esta coisa horrível aqui, me mostrou um pouco como blogs com conteúdo relativamente irrelevante ou de pessoas que a princípio você pensaria ‘que idiota escrever ou gravar isto’ conseguem ser monetizados.

Acreditem ou não, mas o post teve um excelente número de visitas, inclusive propiciou um número de visitas acima de 1000 visualizações naquele dia, que permanece alto até este novo post, mas em contrapartida reduzido número de comentários.

A alteração da lenda da internet Uorrem Bife, que esta de blog novo, chamado Ábaco Líquido, acarretou numa considerável queda de visitas dia, na ordem de 5% a 10%. Aproveitando, permita-me acrescentar uma dica ao gente boníssima Uó: Se o intuito é monetizar seu blog, eu manteria ambos os blogs em paralelo, mantendo a plataforma blogger intacta, e dividindo o tempo com seu novo blog Ábaco.

Aproveitando esta rápida análise mais técnica, os blogs que trazem mais leitores para o Viver de Construção são: Blog do Corey, Blog do Uó, Pensamentos Financeiros. Vale um comentário em relação ao blog do Corey, muito consolidado, pois mantêm um número de visitantes alto em relação ao tempo que ele esta parado sem novos posts. Realmente é um blog muito bom. Os blogs do Uó e Pensamento Financeiro (do viajado Soulsurfer), também são bem consolidados e apresentam temas muito bacanas de ler.

Na lista após os 3 guerreiros citados, temos em ordem: Seu Madruga, Doutor Honorários, Burguês Inglório,  Conhecimento Financeiro, Mestre dos Dividendos e fechando a lista o grande e milionário Heavy Metal.

Aqui coloco um adendo ao blog do Burguês, que é relativamente novo, mas com um conteúdo bem eclético (misturando finanças e alguns assuntos pessoais) tem tido mais acessos e comentários, fruto também da inclusão no blogroll do Pobretão de Vida Ruim, que indiscutivelmente pelos assuntos abordados e pelo lema do blog, fidelizou muito dos leitores e consegue além de atrair gente nova através de pesquisas do Google,  manter os fieis leitores, aumentando assim a sua base de acessos e mantendo sempre uma media considerável de visitas.

Eu gosto muito de realizar analises do tipo, nao somente em relacao aos blogs, mas sim em relacao a varios assuntos geradores de dinheiro na internet.

...

Em relação às Finanças ...

Chega de contar moedinhas ... Cansei de passar Apertos Financeiros para aportar fortemente.


Eu analisando como pagarei as coisas sem usar Cartão de Crédito até que meu Capital + Rendimentos retornem à minha conta, nos investimentos de Empréstimo Garantido ...

Neste próximo mês não devo fazer Aporte, apenas reinvestir os aluguéis recebidos (este eu nem considero como aporte, pois meus investimentos em Fundos Imobiliários são intocáveis e reinvestir é mandatório).

O motivo: Tenho passado apertos financeiros, pois não gosto de usar cartão de crédito (postergar dívidas) e tenho aportado muito forte nos Empréstimos Garantidos, às vezes até acima das minhas condições, usando o Cheque Especial, onde, qualquer falha ou se não receber retorno no dia esperado, posso ter surpresas desagradáveis ao contratar forçadamente um empréstimo pessoal a juros compostos exorbitantes dos bancos.

Eu preciso de pelo menos um mês sem Aportes (ou extrema redução dos mesmos), para manter algum capital alocado na Poupança, pois pretendo seguir firme e forte nos Empréstimos Garantidos, pois através deles eu obtive uma renda inimaginável: Eu superei a barreira de R$ 12.000,00 líquidos este mês ... E isto foi num mês normal, sem recebimento de bônus ou qualquer outro evento ‘não recorrente’, como falamos nas análises de Ações ou Fundos  Imobiliários.

Esta renda considero muito alta pra mim, que comecei do zero, e que tem gastos estimados totais num mês de no máximo R$ 2.000,00. Em geral minhas contas fixas não ultrapassam R$ 1.000,00.

Se vocês lerem o blog desde o início, notarão um crescimento espantoso, fruto de muito trabalho, inteligência, um pouco de risco e muito controle financeiro (e digamos que um pouco de sorte também), pois eu ainda tentava me manter na casa de R$ 10.000,00 contando com rendas astronômicas (acima de R$ 1.000,00) nos Projetos Digitais, que hoje representam um percentual muito pequeno das minhas receitas, mas que aos poucos tem voltado a contribuir bastante.

Os Projetos Digitais, até o presente momento, foram responsáveis por uma renda de R$ 153,22, no mês, isto sem eu fazer nada, após todo o trabalho inicial de montagem deste processo, e que ainda não terminei, deixando pronto algo em torno de 10% a 15% do que eu tinha planejado ... Esta me faltando tempo de executar mais coisas nesta parte.

E se ocorrer um milagre e este ser que vos fala conseguir uma promoção no Trabalho (venho lutando arduamente por isto), acredito que estes números subirão ainda mais ...

Os Juros Compostos tem mostrado a sua força, mas sempre estou tentando fazer a minha parte, que consiste basicamente em Aportar sempre o mais alto possível, e em um ano de investimentos digo que estou satisfeitíssimo pela escolha dos Fundos Imobiliários, claro, por estar com excelente lucro no momento (mesmo tendo passado pela pior fase dos FIIs, que foi o final do ano passado e início deste ano), mas principalmente pela segurança e na geração de caixa imediata: Comprou? Mês que vem tem renda entrando, às vezes até no mesmo mês, dependendo do cronograma de distribuição dos rendimentos.

Nada tem me chamado muito a atenção nos FIIs: Vi um FII que incrivelmente no dia que tomei conhecimento sobre o mesmo (e até me interessei a estuda-lo, pra ser sincero), a noite já despejaram informação de que haverá vacância. Este é um pequeno FII de código FVBI11B, localizado em São Paulo, na Avenida Brigadeiro Faria Lima.

O 10% andar será desocupado pelo inquilino UBS (o FII é dono de 50% do prédio), e estarei acompanhando o mesmo, pois se eu estiver certo as cotas tendem a cair fortemente nos próximos dias, podendo ser uma ótima porta de entrada.

O mercado de São Paulo me atrai muito, pois será um dos primeiros a reaquecer quando a economia voltar aos trilhos. Imóveis no Rio de Janeiro já sou mais cético, e prefiro reduzir exposição e evitar compras.

Nesta análise começo a perceber a importância da análise de preços por metro quadrado, ou seja, o preço de aluguel praticado para a região. Digamos que a locação deste FII possua um valor menor do que seus concorrentes. Digamos que haja 30% de vacância com redução de renda. Digamos que a cota caia fortemente.

Neste caso, valeria uma entrada buscando exatamente esta recuperação e a entrada de novo inquilino: Comprando com valor menor de cota, você compra mais metro quadrado com menos dinheiro, e se eu yield se mantêm atrativo mesmo após a retomada (subida) das cotas. É também um exemplo ótimo para aumentar seu patrimônio, com a subida das cotas, podendo até vende-las depois (eu sou ‘holder’, prefiro acumular e só vender em casos extremos de mudança de fundamentos). Vale ressaltar, claro, que não sou agente de investimentos e não recomendo nada a ninguém.

Um exemplo claro: Hoje Agências Caixa (AGCX) paga 0,75% de yield, em relação ao preço de fechamento do mês passado. Mas, para quem comprou AGCX abaixo de R$ 950,00 (meu caso), o yield é muito maior. Este é o motivo de eu sempre dizer que FIIs são ativos de longo prazo, e se você compra hoje (independente do preço e mesmo com baixo yield), a medida que o tempo for passando, você reinvestindo e aportando dinheiro novo, e os contratos serem reajustados ao longo do tempo (principalmente aqueles contratos atípicos), a tendência é que seu yield vá sendo reajustado (teoricamente, nos casos onde a locação continua inalterada, lógico) e aumentado.

Nos demais tópicos, aproveitando este post, continuo na mesma: Comprei batata doce e começarei a comer mais (aspecto Saúde), e continuarei malhando na mesma motivação de sempre. Vou criar uma lista com alimentos e tentar introduzir mais frutas na minha alimentação diária. No Trabalho continuo trabalhando demais, amanhã por exemplo eu inicio reuniões às 08:00, e em sequência irei até 13:30. Tentarei almoçar nesta janela, pois às 14:30 já tenho mais reunião até 15:30, e 16:00 finalizo uma até 17:00. Ou seja, dia amanhã será desgastante e eu passo tanto tempo em reunião que não tenho tempo de trabalhar. Construção: Pretendo voltar a abordar alguns temas, vejo que alguns leitores tem sentido falta de algumas dicas.

Um abraço e excelente restinho de Domingo!


VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

A Vontade de 'Chutar o Balde' no Trabalho + O Melhor Mês de Renda Líquida Recebida + O Pior Mês dos Investimentos ...

Boa noite Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Vou tentar postar algo curto ... Até pela hora que estou iniciando este post (23:44) ... E usar uma abordagem diferenciada, pois talvez eu passe a imagem de ser muito sério, um poupador, mas gosto de zoeira, de memes, de comentar e rir dos blogs de humor ...

Talvez seja uma nova forma de manter mais posts, escrevendo de forma mais descontraída sobre temas diversos. O que acham? Vale a pena? Estou gostando muito dos posts diferenciados (que fogem do escopo ‘Finanças’ do Seu Madruga, ele é fodão legal demais! Vale a pena ler o blog dele, passa lá!).

Quem acompanha sabe que pelo projeto #Birl eu já deveria estar dormindo.

Acabei malhando muito mal hoje, estava sem forças e sem muito ânimo, e na volta pra casa decidi revisar minhas finanças e fiquei até o momento analisando ... Abri até uma Heineken pra ficar bêbado relaxar, ouvir um velho e bom grunge e atualizar algumas coisas na internet, e não estou estudando hoje outro idioma que iniciei estudos ... Tudo bem, amanhã é sexta, posso me dar este desconto ...

Ps.: Se eu usar ‘...’ mais uma vez eu vou colocar o título de “O escritor que só sabe pontuar frases usando ... “ ...

Voltando ao texto, o pior aconteceu: Meu computador teve problemas, e o HD ficou inacessível ... Sim, eu, como um tapado cara de TI, não havia feito backup da minha planilha específica e mais querida: A Planilha de Controle Financeiro. Pior, eu não tinha um simples backup no e-mail ou qualquer outro local ...

Resultado: Perdi tudo!



Recriei algo,  mais simples, mas espero que não impacte tanto no fechamento do mês, no que tange aos comparativos referente ao mês anterior ... Ah que tristeza viu!

O que mais me fez falta ... Meus Empréstimos ... Eu sabia que este mês seria pica das galáxias excelente no que tange aos recebimentos, mas perdi este controle minucioso, e agora tive que colocar números próximos (não tão detalhados), mas de qualquer forma o fechamento do mês (e que mês longo, pelo amor de Deus acaba logo) eu considero os números absolutos ... Nisto não vai impactar.

Se eu não tivesse perdido os arquivos e tivesse os números exatos dos Empréstimos Garantidos, este seria eu falando comigo mesmo da renda deste mês (até o momento):


Não vou esticar o texto, mas o que me chamou a atenção (já é um pré-fechamento) foram os rendimentos! Puta que pariu Que alegria a renda líquida vai ultrapassar R$ 12.000,00 este mês ... Cara, isto é muito foda legal! É o dobro do que eu ganho líquido no trabalho caralho.

Não sei se ficou claro quem eu sou, mas era pra eu ser um merdinha qualquer, pessoa simples, pois não tive as oportunidades de viajar, de ter contatos fodas e ricos bacanas para me indicar para bons empregos, e comecei ganhando pouco mesmo ... R$ 1.700,00 amigos, era o auge do meu poderio econômico lá em 2007 ...

O que quero dizer: Você, caro leitor, mesmo se estiver muito abaixo destes valores, pode chegar lá. Mas precisa de tempo e de seu esforço em todos os aspectos! Este fodendo resultado é fruto dos investimentos e de muito esforço, de aportes, poupança, vida simples e o que eu falo e repito sempre aqui.

Até agora eu investi meu dinheiro até bem ... Os picas blogueiros que atingiram a barreira do milhão nem se comparam a mim, são fodas inteligentes, ganham muito mais que eu, e mesmo assim estou chegando lá.

Chupa mundo!


Agora a parte que eu falei que chegaria, e chegou mesmo: Se eu fechasse o mês hoje, mesmo com este fodendo resultado líquido, eu teria aumentado apenas R$ 1.000,00 no Patrimônio Bruto, e uns R$ 4.000,00 no Patrimônio Líquido. Não me pergunte por que esta diferença ocorreu pois estou bêbado porra pois não entendi ... Ah não, pera ... Tá errado, pois eu alavanquei R$ 3.000,00 (cheque especial ‘rules’) nesta porra conta, ou seja, eu estaria com prejuízo de uns R$ 2.000,00 em relação ao mês passado ...

Ou seja, o mês de correção, onde meu Aporte novo seria usado apenas para cobrir o prejuízo e subir um pouco o Patrimônio ou mesmo manter estagnado, finalmente chegou: Agosto. Que Desgosto Agosto!

Trabalho: Estou apanhando igual cachorro tendo que dedicar muito tempo a este novo  projeto (além dos atuais) que não me deixa nem tomar um simples copo de café, ou seja, tenho reunião, conferência, videoconferência de 09:00 até o fim do expediente. 

Já pensei em pedir demissão duas vezes só nesta semana, de tanto estresse ... 

Mas ...

Manterei a calma. Agora esta passando. Já vi que estou fodido mesmo numa situação complicada, pois o projeto que eu peguei esta uma bagunça e seja o que Deus quiser vamos ver o que consigo fazer para atender os requisitos e o principal: O cronograma original.

Eu no trabalho ...


Fundos Imobiliários: Dei uma passada lá no blog do Tetzner pra xingar comentar, já estava estressado mesmo, vendo uns caras falando merda asneiras na página do NSLU e falei lá.

Casas à Venda: Não vende esta porra nunca Ainda sem propostas boas, estão tendo mais pessoas interessadas em visitar o imóvel. Vou ver se fico rico logo, pois na próxima construção vou alavancar fortemente para construir um prédio em cidade grande ... Vamos ver. Vou seguir os passos do Pobre Catarrento. Comento em detalhes depois ...

Esqueci se tem outros tópicos. Vou dormir.

Um abraço, desculpem os erros, pois vou postar sem revisar, e se eu falei que meu nome é hahaha te enganei me avisem, por favor.


VDC – VIVER DE ZOEIRA CONSTRUÇÃO

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Trabalho: A Nova Rotina Estressante por Resultados + FIIs de Hospital Gerando Taquicardia nos Investidores ...

Boa noite Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Além da frase inicial do post, o fato de pedir desculpas pela demora numa nova postagem tem se tornado algo frequente, mas mesmo assim peço desculpas e digo que tentarei fixar uma rotina de posts, mantendo pelo menos 2 posts semanais.

Nos últimos dias não tive muito tempo. Na verdade, o meu dia é muito curto, talvez com boa contribuição do tópico Saúde, onde acrescentei a rotina de 1 hora a 1:30 todos os dias (ponto para o Viver de Dividendos que acertou que este item acarretou em menos tempo para mim), para me exercitar, e tentando manter a regularidade de ter uma noite de sono de pelo menos 07:00 horas.

A formatação desta postagem estará diferente pois meu computador simplesmente ‘pifou’, e espero conseguir recuperar todos os meus arquivos, principalmente os de controle financeiro, pois tenho backup de 3 meses atrás e terei que atualizar tudo novamente.

Também vendo alguns blogueiros sensacionais como Conhecimento Financeiro e Seu Madruga comemorando o atingimento da marca de 100.000 visualizações em seus respectivos blogs, fiquei muito feliz, vendo os colegas prosperarem. 

Acho que já completei 1 ano de blog, mas sou péssimo com datas. Sou do tipo que esquece até quantos anos tem.

E eu cheguei a 112.000 visualizações. Eu seriamente pensava que meu blog não duraria nem 3 semanas, mas, graças ao espaço que me foi aberto nos demais blogs e pela turma que acompanha estes 'testamentos' que escrevo (escrevo muito, eu sei), o blog se mantêm firme e forte.

Recebi a carta do Google, após completar mais de $ 10,00 referente a receitas do Google Adsense. Daqui há uns 4 anos acho que conseguirei sacar alguma coisa, completando $ 100,00 (risos efusivos).

Começaremos falando um pouco sobre Saúde ...

Tenho gostado muito de ir e estar na academia.

Já não sou mais um ‘frango’ (apelido ‘carinhosamente’ dado àqueles mais fracos da academia, os iniciantes, que carregam pouco peso), apesar de estar longe de ser um BIRL.

Ver os olhares enquanto eu carrego e vou enchendo os aparelhos com um monte de pesos dá uma sensação interessante, ainda mais quando se lembra do patrimônio já adquirido e o que há por vir, e os planos futuros.

O mais interessante é que usar uma camisa, um short, ter que ir num clube já não serão um problema, pois realmente meu corpo ficou muito bacana em 2 meses e meio de exercício religiosamente executados dia a dia, apesar de ter que melhorar muita a coisa ainda. 

Na alimentação não mudei tanto ainda, não me regrei, mas eu já não tenho costume de beber, e não tomo refrigerante durante a semana, mas gosto de uma sobremesa.

Venho evitando os biscoitos recheados durante a semana, e no meu almoço o frango virou meu companheiro, sempre o coloco no prato.

E no mais, como praticamente repito o mesmo prato todos os dias (por mais que haja outras opções), tornei meu almoço meio mecânico, então não coloco muita comida no prato por já estar me regrando, e a sobremesa se tornou uma gelatina ou algo menos calórico.

Fiz uma rotina de exames, o famoso 'check-up' e graças a Deus estou 100% em tudo.

E para deixar meu sorriso ainda melhor, tenho investido e iniciarei um tratamento, talvez eu precise usar novamente aparelho, pois após 10 anos sem aparelho (eu acho) alguns dentes se mexeram pouco, e para ter um sorriso melhor quero mesmo fazer este tratamento ... E olha que quando fui a clínica meu pensamento era apenas um simples orçamento para um clareamento, que ainda não fiz.

A clínica é muito boa, perto de casa (moro em bairro de classe média alta) e o dentista me passou muita confiança e me explicou algumas coisas que melhorariam muito meu sorriso ... E estou seguindo à risca, inclusive tive outra pequena cirurgia, felizmente menos traumática que a retirada de um siso, mas estou por 2 dias de 'molho' em casa, sem poder falar muito.

Pretendo seguir adiante neste tratamento, e nem olho preço ... Quero qualidade. E eles são muito bons!

Mudando um pouco o rumo da prosa para o tópico Trabalho ...

Talvez nos posts eu passe a impressão de que sempre estou motivado, alegre, feliz e contente. Infelizmente, não é bem assim.

Ultimamente, após receber um novo projeto já em curso, com a incumbência de entender a solução e estendê-la para as outras regiões da empresa em outros países / continentes, me deparei com uma solução ainda cheia de problemas e que, infelizmente, não foi assim tão bem desenvolvida.

Meus dias que estavam bem tranquilos, pois meus projetos são bem planejados, passaram a ser assim: Eu sei a hora que chego, mas não sei que horas eu saio.

Em alguns dias tenho tido reuniões de alinhamento com toda a equipe do novo projeto durante todo o dia, pois além de ter que entender o que farei para estender a solução, precisarei corrigir a base deste sistema usado na região sul-americana, pois um depende do outro, mas quem disse que isto estava no escopo? Ou seja, mais serviço para mim. E os projetos que eu tinha continuam em curso ... Aumento expressivo de carga de trabalho!

Com isto tenho estado em alguns dias mais estressado, pois sequer tenho tempo de parar para tomar um simples café, e quem é da área de TI sabe que somos movidos a café (já fui desenvolvedor, como nossos colegas Uorrem Bife – Que está de blog novo, o Abacus, além do bem-sucedido Economicamente Incorreto), que inclusive postou sobre carreira em seu último post e vale a pena conferir). Ambos estão em meu blogroll.

Apesar de toda a visibilidade que este tipo de projeto possibilita, estou numa fase tão tranquila economicamente que não sei se vale a pena eu voltar a entrar no ‘Game of Thrones’ empresarial, onde cada um quer se mostrar mais e que é melhor que o outro, com as famosas reuniões bajuladoras para ‘se vender’, onde se apresenta um simples sistema como algo ultra, super, mega revolucionário, um novo jeito de mudança de paradigmas, de gerar KPI’s nunca antes vistos na empresa de forma online e totalmente automatizada e bla bla bla.

Eu quero sim um aumento salarial, isto vai me ajudar demais em meus objetivos ‘off work’, mas, por que para mim tem que ser tão difícil assim? Sempre recebo os projetos mais críticos, pego projetos em curso ‘pela metade’ e tenho que corrigir tudo para colocar nos trilhos novamente.

Já tive oportunidade de começar projetos do zero, e para cada um o resultado foi: Sucesso! Sistemas usados 100% pelas áreas envolvidas, sem a necessidade de controles paralelos, sem reclamações, simplesmente por que eu desenvolvo ferramentas para ‘preguiçosos’, ou seja, quero que meu usuário tenha o mínimo de esforço no sistema, para que ele tenha tempo de trabalhar na resolução dos problemas da área dele. Não precisa ficar gastando tempo em sistema não!

O que me desanima é saber que, mesmo que eu seja ‘promovido’ e aumente meu salário, terei outros colegas próximos que trabalham menos, com menos competência, que tem tempo de acessar o Facebook durante o expediente, e que já foram ou serão promovidos da mesma forma.

Por mais que eu seja comprometido, tente sempre fazer meu melhor no trabalho, situações como esta me deixam extremamente desanimado, mas, não tenho escolhas: Preciso seguir adiante com a mesma motivação e manter meu nome como uma marca de sucesso dentro da empresa.

Da parte de Fundos Imobiliários, não tenho muito o que comentar (mas agora que terminei esta parte percebi que escrevi demais):

Das últimas movimentações que fiz, desfiz toda a posição em BRCR, como citei no tópico anterior, e pelo menos uma vez na vida eu tive um acerto, pois alguns dias após esta movimentação a Petrobrás finalmente enviou comunicação formal para rescisão do contrato, o que garantirá ainda mais 6 aluguéis e o pagamento de 4 parcelas como multa, então a renda ‘cheia’ do BRCR ainda irá até meados do meio de Maio do próximo ano, e após a realidade chegará ao BRCR, que mesmo que consiga alugar o Almirante, não conseguirá os mesmos valores do contrato da Petrobrás.

Os FIIs de Hospital continuam assustando aqueles que compraram o produto sem saber os riscos envolvidos.

Por mais que eu pareça ser um idiota em investimentos, eu sabia que FII de Hospital intrinsecamente traz um grande risco: É mono-inquilino e se pedir revisão dos aluguéis, não tem jeito: É Hospital. Preciso dizer que haverá aceitação do juíz?

Eu sinceramente penso que em NSLU deveriam sentar numa mesa os gestores (BTG) e o inquilino (Rede D’or) e discutirem até chegarem num acordo. Eu deixaria estes caras trancados e não sairiam da sala até que chegassem a um acordo benéfico a ambos, pois um precisa do outro e ‘vice-versa’.

Sendo bem sincero, sabe o que eu penso quando invisto em FIIs? Eu penso o seguinte: Se eu investisse R$ 1.000,00 na caderneta de poupança eu receberia R$ 7,00. Sempre receberia R$ 7,00, o seja, 0,7%.

Se um FII pode me pagar, que seja, 0,5% com reajustes anuais, está muito bom. É um valor que vou investir e não precisarei me preocupar com inflação, pois em teoria o contrato fará isto por mim.

Manterei posição normalmente em HCRI e NSLU, pois eu sei dos riscos e se NSLU começar a pagar R$ 0,90 por cota, estou satisfeito. Se pagar R$ 1,00. Também. Se pagar os anteriores R$ 1,76, melhor ainda. Se cair pra R$ 1,50, está ótimo. Se manter nos R$ 1,94, aí sim seria perfeito.

O importante na minha visão é estar diversificado justamente para estes momentos. Imagina eu 100% NSLU? 100% XTED? No atual momento de meu patrimônio, nem se evaporasse todo dinheiro que tenho em NSLU eu teria um impacto grande, então segue o jogo e deixa o curto prazo mexer com a cabeça dos investidores. A longo prazo, tudo se resolve.

E o FIGS caindo: E daí? Tem RMG até 2019! R$ 0,83 por cota. Eu vou me preocupar com isto agora? Deixa o shopping ter o seu tempo de maturação! Foi lançado em meio a uma crise danada, e estão castigando o pobre coitado! Ele não é Pokémon, mas precisa de tempo para evoluir!

Da minha carteira, estes são os que chamaram a atenção para algum comentário, os demais seguem a tranquilidade e o ‘sobe e desce’ naturais da renda variável.

Nos Projetos Digitais ...

Em geral tenho obtido uma renda de R$ 10,00, às vezes R$ 20,00 por dia (valores arredondados).

Pelo pouco tempo dispendido, fico feliz por gerar retorno mesmo que pequeno, mas já é algo considerável: Posso dizer que paga os pães de um dia, o leite, um lanche.

Qualquer coisa que me faça não ter que gastar o dinheiro proveniente do Salário, para mim é muito importante.

Estou um pouco cansado para trabalhar nesta parte, ainda mais sendo esgotado fisicamente e mentalmente no meu trabalho, mas preciso voltar a acompanhar melhor esta parte.

Nos Empréstimos Garantidos ...

Nestes eu tenho atuado fortemente, e neste mês teremos recorde para a apresentação dos resultados, se tudo manter-se na normalidade costumeira.

O risco é proporcional aos ganhos: E estou me expondo fortemente aos riscos, pois tenho tido retornos satisfatórios pelo volume movimentado.

Na vida pessoal, tudo dentro das conformidades.

Começo a pensar em mudar de carro, pois como não vendi as casas e não há perspectivas, fica a vontade de ter um carro melhor, mas, ainda estou pensando, mas se decidir fazer isto comprarei um usado (menor desvalorização), com air-bag e abs, afinal minha vida vale muito.

E tenho gastado meu tempo livre (este o Mestre dos Centavos vai adorar) assistindo The Lost Canvas.

Este anime é muito foda, conheci por acaso, conta a história da Guerra Santa entre Hades e Athena no século 18, ou seja, antes dos personagens conhecidos de Cavaleiros do Zodíaco.

Tem alguns cavaleiros de ouro muito fodas, como o Albáfica de Peixes (tirou a má impressão do atual cavaleiro de peixes da série mais recente), tem o Manigold fodástico de Câncer, e o Shion de Áries com Dohko de Libra. Assisti até o episódio 23 até o momento e estou curtindo muito, pois temos um novo ‘pégasus’ chamado Thema, e o mais foda pra mim que são os Deuses, Thanatos e Hypnos, Hades sempre foda, e outros deuses que apareceram.

Quem gosta de Cavaleiros do Zodíaco, vale muito a pena assistir.



O interessante também é que os traços do desenho são bem diferentes do original, mas você se acostuma rapidamente.

E para fechar, na Construção ...

Ainda sem propostas no meu preço justo. Na hora certa um bom negócio aparecerá, resta esperar pacientemente, mas é bem possível que, ao vender as duas casas, eu entre no ramo de prédios de 4 andares.

Momento da Rebeldia:


Tem um cara que vive postando “hurrr durrr você constrói barracos em lotes invadidos e bla bla bla” no meu blog.

Cara, sério mesmo que você pensa isto? Leia o site da Caixa, o que tem que ser feito para uma construção poder ser financiada, o que é um documento chamado Habite-se, regularização de construção, projeto aprovado arquitetônico, CREA, escritura e registro.

Você quer seu minuto de fama? Pronto: Conseguiu. Agora volta para o seu mundo sem amigos. Você pode ser bem-vindo aqui, não precisa fazer isto e nem escrever comentários maldosos, sabe por que? Eu nem leio. Quando começo a ler e vejo que é alguém xingando, eu simplesmente clico em “Excluir” e nem leio. Eu não ganho nada postando aqui e ficar lendo xingamento é que não vou. Seja amigo, poste com educação, e poderemos conversar.

Não sei se você leu, mas eu já tenho 30 anos, não tenho tempo para a molecagem não.

Um adendo nesta parte: Este mesmo ser doente e esquisito criou um perfil similar ao meu, com a mesma foto e título. Se notarem algum comentário estranho (pois se trata de um analfabeto, destes de 20 e poucos anos, solitário e sem perspectivas de vida, cujo anonimato permite estas traquinagens), cliquem no nome do usuário ‘Blog Viver de Construção’ e confirmem se sou eu. O meu aponta para a minha página do Blogger, onde aparecerá que estou no Blogger desde 2009, e principalmente na parte ‘Meus Blogs’ aparecerá este blog Viver de Construção.

O motivo deste doente fazer isto? A partir do próximo mês eu entro oficialmente na disputa sadia do Ranking do Milhão, do blog do Pobretão, e o objetivo talvez seja me excluir da entrada, criando postagens falsas simulando ser eu.

No mais, um grande abraço e excelente final de semana!

VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

Postagens Populares